RESUMOS E APRESENTAÇÕES


5 de setembro de 2017

Tema 1 - A gestão dos conflitos e da indisciplina na sala de aula
Convidado: Ana Isabel Nunes Mendes Mata

Tema 2 - Articulação e supervisão pedagógica: caminhos para uma escola aprendente e eficaz
Convidado: Maria Rosa de Brito Simões dos Santos

Tema 3 - Avaliação formativa digital: avaliar para aprender no Séc. XXI
Convidado: Nuno Dorotea

Tema 4 - Aprendizagem Baseada em Projeto: Porquê? Constrangimentos e casos de sucesso
Convidado: Margarida Monteiro Pato

Numa sociedade em constante mudança, a escola deve ter por objetivo fornecer aos alunos as ferramentas que lhes permitam enfrentar novos desafios e realidades.

A sessão "Aprendizagem Baseada em Projeto: Porquê? Constrangimentos e casos de sucesso" pretende familiarizar os professores com a metodologia da ABP, discutir alguns dos constrangimentos e partilhar algumas histórias de sucesso.

Tema 5 - Iniciação à leitura e à escrita
Convidado: Elisabete Ferreira das Neves, Rosária Correia

Tema 6 - Práticas inovadoras e articulação curricular: em busca de um sucesso para todos
Convidado: Nádia Diogo Ferreira e Carla Lourenço, DGE

Tema 7 - Sucesso nas escolas do Séc. XXI
Convidado: Anabela Lourenço Brígida

"Globalização e Tecnologia - conceitos que entraram nas nossas vidas há algum tempo e que todos reconhecemos terem facilitado e modificado muitos áreas do nosso quotidiano. Porque razão não permitimos que a essência destes conceitos se generalize nas nossas salas de aula?Este workshop pretende dar a conhecer comunidades de aprendizagem que, envolvendo professores e alunos se constituem como facilitadores do um desenvolvimento global de competências, e ainda de algumas ferramentas cuja utilização em contextos de sala de aula proporcionam a integração da tecnologia e potenciam o desenvolvimento de competências específicas."

Anabela Brígida, Agrupamento de Escolas Fernando Casimiro Pereira da Silva-Rio Maior - Embaixadora eTwinning - região de Lisboa e Vale do Tejo

Tema 8 - Aprendizagem ativa em Ciências
Convidado: Anabela Gonçalves Cruces

Tema 9 - Promoção da leitura e utilização de dispositivos móveis
Convidado: Maria Filomena Lopes Rúbio

Tema 10 - Programa ERASMUS+ na construção da escola do futuro
Convidado: João Paulo Lopes Correia, Ana Cristina Carmo

A sessão terá duas partes distintas:

a) análise dos objetivos do Programa ERASMUS+, das diversas ações-chave, dos processos de candidatura, dos procedimentos de gestão da execução dos projetos, das plataformas digitais e apoio (E-twinning e Mobility Tool);

b) apresentação dos projetos ERASMUS+ em implementação na EB Marinhas do Sal, incluindo os respetivos objetivos, práticas, constrangimentos, oportunidades e expetativas futuras.


6 de setembro de 2017

Tema 1 - Sala de aula invertida
Convidado: Maria Olinda Reis

Propõe-se uma reflexão sucinta em torno dos fatores que influenciam hoje a relação ensino-aprendizagem. Existem pressões externas que não podemos continuar a ignorar, sob pena de comprometermos o papel da escola na sua missão educativa . O novo perfil do aluno, que se define com novas disposições para aprender, aponta para o desenvolvimento de competências que vão ao encontro das exigências das sociedades modernas.

A proposta da AULA INVERTIDA afigura-se assim como uma metodologia que melhor se adapta aos requisitos das novas metas de aprendizagem. De que se trata? Que estratégias privilegiar? Que recursos usar? Tentaremos dar resposta a essas questões.

Apresentação disponível em
https://prezi.com/w-ft97tgk9bl/?utm_campaign=share&utm_medium=copy&rc=ex0share



Tema 2 - Filosofia com crianças: penso, logo existo
Convidado: Manuel João Pires

O que é a filosofia com crianças? As crianças podem fazer filosofia? Se podem, como?

Neste workshop pretende-se debater estas questões, mostrando o que é e o que não é filosofia com crianças e quais são as condições necessária e suficientes para que as crianças possam efetivamente fazer filosofia. A Filosofia com Crianças iniciou-se com Lipman em 1974 e atualmente existem diferentes caminhos possíveis para atingir o fim da reflexão filosófica com crianças. Neste workshop abordaremos, com uma forte componente prática, duas metodologias complementares: o Método Socrático desenvolvido por Oscar Brenifier e, essencialmente, o método ifing, desenvolvido por Peter Worley, esclarecendo o conceito de comunidade de investigação e o papel do professor como possibilitador da reflexão filosófica na idade do espanto e da admiração.

Manuel João Pires ( manueljoaopires@gmail.com)

Apresentação disponível em
https://prezi.com/hsatwbmlgdr-/?utm_campaign=share&utm_medium=copy


Tema 3 - A certificação de competências na valorização da aprendizagem não formal
Convidado: Centro Qualifica - Rio Maior - Aida Garcia

A Estratégia 2020 para um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo reconhece que a aprendizagem ao longo da vida (ALV) e o desenvolvimento de competências são elementos decisivos da resposta à atual crise económica e ao envelhecimento da população, bem como da estratégia económica e social mais ampla na União Europeia.

Num mundo cada vez mais globalizado, os indivíduos necessitam de uma vasta gama de competências para se adaptarem e prosperarem num ambiente em rápida evolução, onde a ALV e a mobilidade devem tornar-se uma exigência.

O paradigma da ALV ultrapassa as fronteiras tradicionais que delimitam os espaços formais de aprendizagem, apelando a novas teorias e modelos de educação/formação. Neste contexto, os Centros Qualifica assumem papel fundamental na gestão da carreira e no reconhecimento de competências adquiridas em contextos não formais e informais de aprendizagem.


Tema 4 - A Inclusão dos alunos com NEE - a experiência de uma sala Snoezelen
Convidado: Grupo de Educação Especial AE Azambuja  

"Snoezelen proporciona experiências multisensoriais, de acordo com as necessidades da pessoa, partindo das suas capacidades e respeitando o seu tempo/ritmo. Por Snoezelen entendemos a oferta seletiva de estímulos primários num ambiente caloroso."

Jan Hulsegge e Ad Verheul, 1989

Snoezelen é um termo técnico para um conceito concebido para apelar aos sentidos que ocorre numa sala escura com fontes de luz especiais, música suave, aromaterapia, estímulos táteis e saboreando experiências.

Os resultados positivos, revelados pela investigação na área da estimulação sensorial, têm contribuído para a crescente importância do snoezelen enquanto tratamento complementar.


Entrem connosco neste mundo mágico e relaxante....

Grupo de Educação Especial do Agrupamento de Escolas de Azambuja

Tema 5 - UAARE -Unidades de Apoio ao Alto Rendimento na Escola
Convidado: Luís Deus


Tema 6 - Cenários de Aprendizagem
Convidado: Paula Rolo Abrantes


Tema 7 - Kahoot! e Plickers - Jogar e aprender
Convidado: Isabel Revés


Tema 8 - Robótica para o pré-escolar
Convidado : Cidália Marques

Robótica no Pré-escolar? Faz sentido?

No pré-escolar ainda há poucas experiências de utilização da robótica, no entanto as realizadas têm sido muito bem sucedidas. Neste sentido realizámos este ano um conjunto de atividades nesta área com os alunos.

O desenvolvimento de competências deve iniciar-se o mais cedo possível. A Robótica permite uma utilização tangível que facilita a aprendizagem e o desenvolvimento de competências.

Neste workshop serão desenvolvidas atividades com os docentes que permitam dinâmicas inovadoras a implementar em sala de aula recorrendo aos equipamentos Beebot.

Os educadores terão oportunidade de experienciar o equipamento e preparar atividades a realizar com os mesmos.

Tema 9 - Fazendo , criando, colaborando... eu aprendo!
Convidado: Emília Silva, DGE

Breve descrição: A aprendizagem ativa aumenta o envolvimento dos alunos, privilegia a colaboração e potencia a motivação.
A aprendizagem é mais efetiva quando é um processo mais ativo!

Tema 10 - Projeto RIOS
Convidado: José Loureiro Ramalho

O "Projeto Rios" foi criado na Catalunha em 1997, para acudir à preservação da "saúde" das massas de água superficiais e subterrâneas e, assim, proteger, de forma sustentável, os ecossistemas e sua biodiversidade. Tal proteção supõe o envolvimento do maior número de parceiros institucionais e privados possível. Esta sessão temática pretende apresentar este projeto através do caso concreto do seu desenvolvimento na Escola Básica Integrada de Manique do Intendente, demonstrando o valor das suas dimensões pedagógica, social, institucional, ambiental e mesmo política.


Conferência
Autonomia e flexibilidade curricular: desafio nuclear às comunidades educativas

Prof. Doutor Jorge Serrano